quarta-feira, 28 de agosto de 2013

LOGO...LOGO

QUERIDOS!! LOGO VAMOS VOLTAR E PRECISO DE OPINIÕES. FALEI COM A RAFA E FALEI PARA ELA SOBRE COLOCAR ALGUMAS COISINHAS, TIPO COISAS DE MODA, TUTORIAIS DE PHOTOSHOP COISAS ASSIM E EU NÃO FALEI ISSO PARA ELA MAIS DOWNLOADS DE ALGUMAS COISAS TAMBÉM, QUE ACHARAM?? CURTIRAM ? SE TIVEREM ALGO QUE QUEIRAM AQUI NOS MANDEM POR COMENTARIO OU NO E-MAIL umcafeeumlivro@outlook.com ESPERAMOS VOCÊS

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

DANDO UM TEMPO....

Bem Galerinha Joia? Esperamos que sim
Hoje eu falei com a Rafa a gente meio que ainda vai decidir, porém estamos pensando em desativar aqui um tempo.
Motivos? Ambas estamos desanimadas com aqui, não exatamente com o conteúdo, mas não esta ainda da forma que queremos, e quem saber esse tempo que desativemos e não postaremos nada a gente não tem uma ideia não é?
Outro motivo são as aulas. Minha facul começou e meus professores já estão me deixando louca. E a rafa também vai ficar apertada com as aulas dela.
Enfim nós não postaremos até que aqui esteja do nosso agrado e tudo em ordem. Quanto isso em voz dela e minha peço desculpas e espero que não esqueçam daqui, esperamos logo logo voltar
Camila e Rafela , beijinhos

sábado, 27 de julho de 2013

FEIOS


Sinopse: Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá. Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.
"Fazer o que as pessoas esperam que você faça é sempre entediante. Não consigo pensar em nada pior do que ser obrigado a me divertir."


Minha Opinião: Já faz algum tempo que eu to louca pra ler esse livro, mas a falta de dinheiro nunca me deixou compra-lo. Procurando na internet, achei o download dele (se quiserem, só pedir nos comentários que eu passo!) e resolvi baixar. Li um pedacinho e já viciei, não consegui mais parar. A escrita do livro é simples e fácil, os personagens são medianos (não tão profundos, mas não tão superficiais). Já a história... É incrível. Confesso que tenho uma queda por histórias pós-apocalíticas, no estilo de Jogos Vorazes. E esse livro encaixou bem nesse papel.
Tally vive em Vila dos Feios, perto de Nova Perfeição. Ela é uma feia, mas ao completar 16 anos irá passar por uma cirurgia e se tornará uma perfeita. Esse é o sonho da maioria dos feios, mas há alguns que não aceitam isso e querem viver como os Esfumaçados. Os Esfumaçados vivem na Fumaça, uma cidade secreta que abriga os fugitivos, que não querem passar pela cirurgia. Eles vivem como os Enferrujados, é assim que eles chamam nós, a época que a gente vive agora. Na vila dos Feios, Tally conhece Shay, uma menina que está prestes a fazer a cirurgia, mas quer fugir para viver na Fumaça. Depois que ela foge, Tally recebe uma missão que não quer fazer, mas não tem escolha: Ela tem que trair Shay e levar os Circunstancias Especiais até a Fumaça. Mas ao chegar lá ela conhece David e tudo muda.
Acho que contei demais nesse resuminho, mas não consegui resumir mais ainda! O final é de deixar de boca aberta, eu não esperava exatamente aquilo e acho que eu nunca teria a coragem que a Tally tem. Faz você correr pra ler o segundo volume, que chama-se Perfeitos. É muito bom mesmo.
O livro foi publicado pela Editora Rocco, e tem 419 páginas. O autor é Scott Westerfeld, os livros dele são geniais! São quatro livros no total (Feios, Perfeitos, Especiais e Extras). Na submarino, o livro está baratinho, apenas 19,95, tem todos lá. (Se alguém quiser me dar, eu agradeço).
O livro, apesar de ter uma história bonitinha, nos faz pensar em várias coisas. A primeira, que logo no inicio já aparece, o quanto estamos estragando nosso planeta. O quanto a nossa loucura por dinheiro e poder pode trazer coisas terríveis (como a flor branca). A ideia de fazer todos ficarem iguais e perfeitos, para que não aja desavenças e nem disputas, não é totalmente má (iria acabar com o que há de ruim no mundo), mas se isso acontecesse, qual iria ser o sentido da vida? Iria tudo ser dado de mão beijada, sem ninguém precisar fazer nada. É louco, mas tem sentido. Tirando as partes ruins de se tornar perfeito, acho que eu iria querer morar em Nova Perfeição.
Está previsto para sair um filme, só que as gravações nem começaram ainda! Só nos resta esperar, e torcer para não cagar na história 
 "Não há beleza perfeita que não contenha algo de estranho nas suas proporções." 

Você já leram ou querem ler?
Se já leram, me conte o que acharam e se gostariam de morar em Nova Perfeição ou na Fumaça?!
Espero que tenham gostado.
Beijos, Rafa Bruzadelli.

domingo, 21 de julho de 2013

UM DIA

Sinopse: Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas - vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

"Você pode passar a vida inteira sem perceber que aquilo que procura está bem na sua frente."

Minha Opinião: Começa no dia 15 de Julho de 1988 e conta o que aconteceu naquele dia entre Emma e Dexter. O próximo capítulo se passa no mesmo dia (15 de Julho) só que em 1989. E assim vai, capítulo após capítulo contando apenas o que acontece nesse dia, só que no próximo ano. E isso me deixou MUITO curiosa, você tem que "decifrar" um ano inteiro só com o que acontece em um dia. Comecei até a me confundir com o passar dos capítulos, não sabia mais o que aconteceu em tal ano ou não. 
Dexter e Emma se conhecem na festa de formatura deles, acabam indo para cama e com o passar dos anos se tornam muito amigos. Emma se apaixona por ele, dá pra perceber que mesmo depois de todas as merdas que o Dexter apronta, ele continua lá (apesar deles passarem uns dois anos sem se falarem). Já o Dex, ele também gosta da Em. Mas o que eu acho é que ele nunca foi apaixonado por ela (nem quando os dois ficam juntos), para ele ela sempre será a melhor amiga. Isso foi o que eu acho que estragou a história pra mim. Tava indo tão bem, eu já tava apaixonada pelos dois juntos quando tudo acontece... E parece que acaba tão rápido. Fiquei com tanta raiva do Dexter, por ele se "recuperar" tão rápido e já estar com outra.
Emma é apaixonante, do começo ao fim. Torci com ela, chorei com ela e fiquei feliz com ela. Já o Dexter... Só me irritei com ele e me decepcionei com ele. Ele é um anti-herói e eu não fui com a "cara" dele, não me agradou e não me cativou. 
Durante esses vinte anos, os dois se apaixonaram por outras pessoas. Um até casou e teve uma filha. Outro publicou um livro e foi morar em Paris. Aconteceu muita coisa. Quando se conheceram eles não estavam no tempo certo para ficarem juntos, demorou anos para perceberem isso. Ele mudou a vida dela e vice versa. Me irrita o Dexter ver a Emma toda hora e não enxergar ela. 
No total o livro é muito bom, até chegar o final. Amei a Emma e odiei o Dexter. Mas a história deles é linda e a amizade deles é de dar inveja, melhor amigos para sempre. Dex e Em. Em e Dex.
Um Dia foi escrito por David Nicholls e possui 416 páginas, foi publicado em 2011 pela editora Intrínseca. O livro custa 22,90 no site da loja Submarino. Já possui um filme, lançado em 2 de Dezembro de 2011, estrelado pela Anne Hathaway e pelo Jim Sturgess, dois lindos. Ainda não o vi, mas pretendo ver logo e posto o que eu acho no próximo "Os últimos 5 filmes que vi".



Já leram o livro ou querem ler? E o filme?
Comente!
Beijos, Rafa Bruzadelli

quinta-feira, 18 de julho de 2013

OS ÚLTIMOS 5 FILMES QUE VI


A Invenção de Hugo Cabret 

Sinopse: Hugo é um garoto de 12 anos que vive em uma estação de trem em Paris no começo do século 20. Seu pai, um relojoeiro que trabalhava em um museu, morre momentos depois de mostrar a Hugo a sua última descoberta: um autômato, sentado numa escrivaninha, com uma caneta na mão, aguardando para escrever uma importante mensagem. O problema é que o menino não consegue ligar o autômato, nem resolver o mistério.

Minha Opinião: É um filmaço! É emocionante e encantador. No começo do filme você acha que é sobre uma coisa, mas pelo seu decorrer você vai percebendo muito mais do que isso. Isabelle queria uma aventura, e conseguiu. E estava tão pertinho dela...
Chloë Moretz está linda como Isabelle, aliás, ela é linda sempre. Estou até vendo daqui uns 10 anos ela sendo muito premiada e prestigiada. Asa Butterfield é muito fofo! Ele interpreta o Hugo e interpreta magnificamente, esse menino tem futuro. Vocês reconheceram ele do filme O Menino do Pijama Listrado? É ele que interpreta o Bruno, só fiquei sabendo depois, nem parece. 
Hugo é um menino que já sofreu tanto e mesmo assim não perde as esperanças. Cuida do autômato e tenta de todos os jeito conserta-lo. O que é lindo. E realmente o brinquedo tem uma mensagem para ele, que mudará sua vida e muitos em volta. O filme é uma homenagem a Georges Méliès (procurem sobre ele, vale a pena), tão linda e tão apaixonante que faz você não querer desgrudar. É uma demonstração de amor pelo cinema, que me fez até chorar no final! 
Passa uma mensagem linda: Hugo diz que o mundo é uma grande maquina, nós somos as peças dela e que cada uma tem sua importância. Apesar de ainda não tivermos descobridos qual seja a nossa. 
Estou apaixonada nesse filme! Entrou nos meus favoritos e recomendo a todos. Nota: 5 de 5.


Sherlock Holmes
O Jogo de Sombras

Sinopse: Sherlock Holmes (Robert Downey Jr.) continua desenvolvendo novos disfarces e maneiras de ludibriar seus oponentes, enquanto seu fiel escudeiro John Watson (Jude Law) está prestes a se casar e sair numa lua de mel dos sonhos com sua amada Mary Morstan (Kelly Reilly). A única coisa que o caro Watson não contava era que seu amigo Holmes apareceria com uma nova teoria conspiratória de que o ardiloso Professor Moriarty (Jarred Harris) estaria por trás de uma série de assassinatos, que visam desestabilizar a paz mundial. Quando a amiga Irene Adler (Rachel McAdams) desaparece, depois de prestar um serviço sujo para Moriarty, Holmes descobre que a cigana Simza (Noomi Rapace) pode ser a chave para desvendar todo o mistério por trás das mortes. A questão é: conseguirá Holmes superar a esperteza do terrível Moriarty?

Minha Opinião: Já vou avisando que sou suspeita para falar desse filme: Já li todos os livros, sou muito fã. E tenho uma enorme paixão pelo Robert Downey Jr., então já viu né?
As histórias de Holmes são magnificas, e o filme consegue passar exatamente isso. Achei esse melhor que o primeiro filme, está mais engraçado e mais inteligente (apesar do primeiro ser muito bom também). A única parte que eu não gostei, foi do "desfecho" de Irene Adler, nunca esperei triste e passei o filme inteiro perguntando "é verdade isso?". Moriarty é um dos melhores vilões que tem, e muito inteligente! Acho que tão inteligente quanto Holmes, só que este tem uma coisinha a mais que o vilão não tem: Sorte.
A parte que se descobre sobre os gêmeos me fez até sentar na cama hahaha Achei sensacional, que plano mais perfeito! Tudo se liga, eles não deixam nem um fiozinho solto. A parceria Watson/Holmes é tão forte que parece que foram feitos um para o outro (presta atenção nos dois dançando). É ótimo.
O filme está muito engraçado também, chorei de dar risada quando Holmes "mata" o cão de Watson, quando o detetive faz aquelas piadas em horas inoportunas, quando ele "revive" pulando e atacando de raivas... Mas nada vai superar a cena dos cavalos/pônei. Foi muito engraçado. As partes tensas estão ótimas também. Lutando contra o vilão em um jogo de xadrez, e a parte da solução dos mistérios então? Só sendo ele mesmo. Estou louca para ver a continuação, que será gravada esse ano, então só ano que vem para ser lançada.
A última cena, o finalzinho do filme, foi o que eu mais gostei. Ele te surpreende de formas imagináveis, e ainda é engraçado (ou estranho, como Watson prefere). "The End ?" Entrou nos meus favoritos, com certeza. Recomendo. Nota: 5 de 5.

Homem de Ferro 3

Sinopse: Homem de Ferro 3 coloca o o impetuoso, porém brilhante, industrial Tony Stark/Homem de Ferro contra um vilão cujo alcance não conhece limites. Quando Stark vê o seu mundo pessoal destruído pelas mãos de seu inimigo, ele embarca em uma caçada para encontrar os responsáveis. Essa jornada, a cada curva, irá testar os seus valores. Encurralado, Stark é obrigado a sobreviver às custas de seus próprios equipamentos, confiando em seus instintos e ingenuidade para proteger aqueles que são próximos a ele. Enquanto luta para se reerguer, Stark descobre a resposta da pergunta que secretamente o perseguia: será que é o hábito que faz o monge, ou o monge que faz o hábito?

Minha Opinião: Neste filme vemos Tony Stark frágil e sofrendo com os acontecimento em Nova York (Os Vingadores), para se proteger ele cria muitas armaduras e isso virou a sua distração em tempo integral, não anda nem mais dormindo. Pepper está linda como sempre e arrasando cada vez mais. Ela tem mais abertura nesse filme e há o desenrolar da história dela. Mandarim, bom, fiquei decepcionada com o que fizeram com esse personagem, nos quadrinhos ele é tão complexo e no filme virou apenas um... Figurante, para Aldrich Kilian.
Foi decepcionante em vários aspectos o filme e me surpreendeu pela direção ousada. Confesso que dormi depois de uma hora de filme, não sei se era eu que estava cansada demais ou o filme que tava muito chato, mas quando eu voltei pra ver o resto, achei melhor. O final não é uma coisa que eu esperava, principalmente aquilo que ocorre com a Pepper, mas não é ruim.  Da trilogia, esse é o pior na minha opinião. 
Fui procurar na internet e vi que talvez irá ter o quarto Homem de Ferro, mas não tem nem data de previsão e nem se o Robert Downey Jr. irá protagoniza-lo (o que perderia toda a graça, como já viram em Sherlock Holmes, sou uma grande fã dele). Agora vou ter que esperar o próximo Os Vingadores, que sairá em 2015!, pra ver meu personagem favorito nas telas de novo e tentar superar o trauma desse filme. Prometeram mais do que cumpriram. Nota: 3 de 5.


Meu Namorado é um Zumbi

Sinopse: R., um dos inúmeros zumbis existentes após um desastre de proporções apocalípticas, conhece Julie (uma humana) em uma de suas caçadas por alimento com seus companheiros zumbis. Julie consegue escapar, mas R devora o cérebro de seu namorado e, inesperadamente, absorve suas lembranças. R se apaixona por Julie e, juntos, eles lutam contra o mundo para provar que o amor sobrevive a qualquer barreira e que pode existir uma cura para o mal do coração da humanidade.

Minha Opinião: Esse filme é apaixonante demais! R é o zumbi mais lindo e fofo que existe, até comendo cérebro. Nicholas Hoult, que interpreta o zumbi, é engraçado na medida, chega a ficar cômico, quase que eu não o reconheci como Tony de Skins UK. E a Teresa Palmer, interpreta a Julie, é uma ótima atriz, fiquei o filme inteiro tentando saber se era a Kristen Stewart ou não, parece demais!
A história é diferente por várias coisas, primeiro porque é contada pelo ponto de vista de um zumbi, o que fica além de diferente, estranho e engraçado. R tentando se comunicar é de dar dó, pela dificuldade que ele tem. Também por haver um "cura" simples, o amor. E por tudo ficar bem no filme, é clichê, mas eu amo um clichê assim. A tilha sonora é perfeita, só tocou música que eu gosto, R tem um ótimo senso musical. É um filme gostoso de se ver, e que me empolgou.
Não recomendo para aqueles que não conseguem aceitar um novo tipo de zumbi, sem ser aqueles que só pensam em matar. Recomendo para todos os que adoram uma comédia romântica clichê e para os que gostam de experimentar ver coisas novas. Eu não esperava nada do filme, e nem queria ver, mas vi o trailer e gostei muito, então assistem o trailer caso ainda estejam em dúvida. Nota: 4 de 5.

Um Homem de Sorte


Sinopse: Um fuzileiro naval norte-americano (Efron) encontra no meio do deserto iraquiano a foto de uma mulher que nunca conheceu e começa a ter uma sorte surpreendente. Após sobreviver três campanhas no Iraque, Logan Thibault retorna à Carolina do Sul decidido a encontrar a misteriosa mulher da fotografia, que se tornou um verdadeiro talismã de sorte para ele. Baseado no livro de Nicholas Sparks 'The Lucky One', lançado pela editora Novo Conceito, no Brasil, como 'Um Homem de Sorte'.


Minha Opinião: Me agradou bastante por sem bem fiel ao livro, apenas sobre a morte do irmão dela que se modificou um pouco, mas nada que comprometesse demais a história. Gostei bastante da escolha do Zac Efron como Logan, ele tá tão lindo nesse filme. Já a escolha de Taylor Shiling como Beth eu não gostei muito, sempre a imaginei linda e maravilhosa e ela parece ser mais velha que ele no filme. Mas sua atuação é impecável.
Como eu já disse, é bastante fiel ao livro e eu adoro filmes assim! A história é linda, romântica, bem típica do Nicholas Sparks. A fotografia está linda e a trilha sonora também, acertaram em cheio nessa parte.Como sempre, leia o livro antes, ajuda a entender melhor a história e é bem melhor. Não esperei muito do filme, mas ele cumpriu bem o seu papel. Nota: 4.5 de 5.



Então é isso. Espero que tenham gostado!
Se você já viu algum filme ou tem vontade de ver, conte nos comentários.
Beijos, Rafa Bruzadelli.

terça-feira, 16 de julho de 2013

AVISO!


O um Café e um Livro irá passar por uma reforma rápida e logo estará de volta.
Não liguem pela bagunça que ficará aqui! Estamos tentando melhorar cada dia mais <3
Espero que gostem do resultado final!

Beijos, Camila e Rafa.

FILME: TRUQUE DE MESTRE

Sinopse: Os agentes do FBI acompanham uma equipe de ilusionistas que fazem assaltos a bancos durante suas performances. Além dos ladrões, os policiais também são sempre recompensados com esses roubos.
Elenco: Jesse Eisenberg, Mark Ruffalo, Isla Fisher, Morgan Freeman, Michael Caine, Woody Harrelson, Alex Kruz, Chris Browning, Common, Dave Franco, Elias Koteas, Han Soto, Mélanie Laurent.

Minha opinião: Bem nesse final de semana eu e meu namorado resolvemos ir ver truque de Mestre. Ja me encantei com o trailer (amo filmes que me fazem pensar). 
Truque de mestres nos mostra como a ilusão em si a magina trabalhada em conjunto pode trazer pontos positivos ou negativos. O que mais me surpreendeu no filme é primeiro que cada magico possui um sentido único de si e graças a isso conseguiram se darem bem uns com os outros; outro ponto também foi o uso da magica como forma não somente de "roubar" os bancos mas de desmascarar aqueles cujo um só queria saber o que estava atras deles e o outro queria somente o dinheiro que eles podiam possuir, em si ambos ganancioso; outro fator também é que todos acreditavam fielmente no "O olho" e ficaram surpresos com quem estava por traz de todo o planos que ele seguiam.
Claro que nao posso falar muito, pois se não acabo contando o filme todo.Mas digo que é um filme de puro suspense e ação, te faz refletir e pensar "como ele fez aquilo" ou tipo "cara não, não acredito que é ele". 
Foi um filme muito bem elaborado e que traz a nós um senso de ilusão desconhecida, e por traz desse desconhecido traz também uma lição e um conhecimento particular, entendido por cada pessoa de forma diferente. 
Afinal a única coisa que eles queriam mostrar é que a magica esta em si mesmo e sempre poderá faze-la da melhor forma

Espero que tenham gostado, e hoje fiz bem simples. Deixe sua opinião, curta, compartilhe
Beijinhos, Camila

segunda-feira, 15 de julho de 2013

TRILOGIA MILLENIUM: OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES

Sinopse: Primeiro volume de trilogia cult de mistério que se tornou fenômeno mundial de vendas, Os homens que não amavam as mulheres traz uma dupla irresistível de protagonistas-detetives: o jornalista Mikael Blomkvist e a genial e perturbada hacker Lisbeth Salander. Juntos eles desvelam uma trama verdadeiramente escabrosa envolvendo a elite sueca. Os homens que não amavam as mulheres é um enigma a portas fechadas - passa-se na circunvizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada - o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou. Quase quarenta anos depois o industrial contrata o jornalista Mikael Blomkvist para conduzir uma investigação particular. Mikael, que acabara de ser condenado por difamação contra o financista Wennerström, preocupa-se com a crise de credibilidade que atinge sua revista, a Millennium. Henrik lhe oferece proteção para a Millennium e provas contra Wennerström, se o jornalista consentir em investigar o assassinato de Harriet. Mikael descobre que suas inquirições não são bem-vindas pela família Vanger. E que muitos querem vê-lo pelas costas. De preferência, morto. Com o auxílio de Lisbeth Salander, que conta com uma mente infatigável para a busca de dados - de preferência, os mais sórdidos -, ele logo percebe que a trilha de segredos e perversidades do clã industrial recua até muito antes do desaparecimento ou morte de Harriet. E segue até muito depois.... até um momento presente, desconfortavelmente presente.
"Aprendera muito cedo que não adiantava nada chorar. Também aprendera que, sempre que tentou alertar alguém para alguma coisa da sua vida a situação só piorava. Portanto ela mesma é que devia resolver seu problemas com os métodos que julgasse necessários."

Minha Opinião: Esse livro é FODA! Mas confesso que empaquei no começo diversas vezes. É extremamente chato e é assim também com os outros 2 da trilogia. Mas depois o negócio engrena e você não consegue mais largar o livro. É uma história que você se envolve com os personagens (que são muito bem escritos e profundos) e com a trama toda, sentindo nojo, repulsa e ódio. Não é um daqueles livros de amor, com um final feliz. É um livro pesado, que te faz pensar no quão as pessoas podem ser... Loucas.
A Lisbeth é uma "mocinha" nada "mocinha". Ela é sensacional, a alma do livro. É maluca e muito inteligente, ela pensa em todas as consequências antes de agir, é muito calculado. Mikael é apaixonante, apesar dele me dar raiva na maioria das vezes. É bonzinho demais e só se fode, apesar de ser durão. Não pode ver um rabo de saia. A história dos Vanger é medonha demais. Quanto mais você mexe, mas porcaria encontra. Tirando a Harriet e a Anita, todos da família são um bando de gente ruim. E a cada página virada você se impressiona mais com isso.O caso Wennerström é outro também que impressiona, é lixo sobre lixo e o desfecho é sensacional.
O conteúdo do livro é pesado, descreve cenas de abuso e de mortes horríveis e até meio nojentas. Como eu ja disse, o começo é chato demais, mas se você conseguir passar dessa parte irá ficar vidrado até acabar. Quando o livro acabou, eu não conseguia pensar em como seria o segundo, já que não dá muita brecha pra uma continuação. Mas posso garantir que melhor do que esse. Foi lançado pela Editora Companhia das Letras e possui 522 páginas (é meio grandinho) e foi escrito por Stieg Larsson. É uma trilogia, o segundo chama A Menina que Brincava com Fogo e o terceiro, A Rainha do Castelo de Ar.
Possui filmes, que eu ainda não vi, mas pretendo ver logo. Tem a versão sueca, com os três filmes já lançados. E a americana, apenas com o primeiro lançado. Todos dizem que a sueca é melhor, a Lisbeth é melhor feita e a trama fica mais apegada ao livro. Nunca vi então não tenho como dar a minha opinião. Nota: 4 de 5.


Já leram ou querem ler? Comente!
beijos, Rafa Bruzadelli

quinta-feira, 11 de julho de 2013

DEUSA DO MAR

Sinopse: Sozinha em casa na noite de seu aniversário de vinte e cinco anos, Christine Canady, sargento da Força Aérea Americana, ansiava por algo para curar sua solidão. Depois de beber champanhe demais, ela recita uma invocação divina para injetar ânimo em sua vida tediosa.Mas como ela iria adivinhar que o feitiço ia funcionar de verdade?
Quando seu avião cai no oceano,a vida de Christine muda para sempre. Ela acorda,perplexa, e se vê em um tempo legendário, em um lugar governado pela magia e no corpo de uma mitológica seria chamada Ondina. Mas o perigo está a espreita nas águas, pronto para engolir Christine por interior. Com pena dela, a Deusa Gaia transforma Christine em uma donzela para que ela possa buscar abrigo em terra.Quando um vistoso cavaleiro aparece para salva-la, em vez de mergulhar nesse sonho realizado,ela se doi de saudades do mar e do tritão sexy e envolvente que lhe roubou o coração (..)


Minha Opinião: Eu vou acabar falando demais desse livro kk. Vou ser sincera com vocês fiquei decepcionada nas primeiras 100 paginas,por ter lido House of Night (da mesma autora) esperava mais no começo, porem gente do céu não tem como explicar como fiquei chocada com livro (POR ISSO EU AMO ESSA MULHER K). Mas pars vocês entenderem melhor vou dar um breve resumo para vocês (alem da sinopse ja dizer muita coisa)
" Enfim após Christine passar pelo acidente sua morte na realidade era certa, porém a Deusa lhe deu uma chance, aproveitando do gosto de sua filha Ondina em querer fazer parte da terra (em si humana) ela pergunta (Ondina) a Christine se ela aceitaria qualquer coisa para sobreviver, ela aceitou na hora. Ao se transformar em sereia Christine acaba tendo um contato nada legal ja de primeira com Sarpedon um tritão de enorme poder filho de Lir (deus do mar), ele tenta abusar dela porem o amuleto que a Deusa Gaia a lhe deu a salvou (..) Logo depois ela conhece o Tritão Dylan, atraente, sexy que sabe que Ondina realmente não esta mais presente, mas sim somente seu corpo. Mesmo sabendo disso ele se encanta pela alma de Christine e ambos se apaixonam loucamente. Fazendo assim aparecer no livro varias cenas eróticas (mas aviso não são cenas pornagraficas demais, muito pelo contrario a autora colocou na dose certa)(..) Depois disso ambos começam a passar dificuldades por causa de Sarpendon e do guerreiro que a tanto quer como esposa. E ao longo do tempo eles encaram um feroz julgamento pelos erros de Sarpedon porem quem realmente paga é Dylan (nao vou contar o que acontece com ele). E fazendo assim Chris se sentir fazia ate o momento em que a Deusa a presenteia de volta ao futuro e junto adivinhem com quem? com seu amado.


OS LÁBIOS DO TRITÃO SE LEVANTARAM BREVEMENTE EM UM SORRISO E ELE ABRIU OS OLHOS - EU AINDA ESPERO POR VOCÊ.PELA ETERNIDADE,CHRISTINE 

Esse é um breve resumo, sim CONTEI MUITOS DETALHES! Mas não contei demais. Só quero dizer uma coisa eu me surpreendi ainda mais com o final do livro me encantei realmente. P.C CAST sabe muito bem como usar e estruturar seus conhecimentos na mitologia, nunca achei autora melhor para explicar e criar histórias fantásticas sobre tal aspecto. Só sei que chorei muito k e não vejo a hora de ler os outros da serie. É uma serie envolvente que faz você querer saber mais e mais sobre Chris, sobre Dylan sobre O Deus Lir e a Deusa Gaia, sobre como seria um mundo onde realmente isto estivesse presente ( e eu acredito nisso) e como os locais onde Dylan levou Chris para se amarem. Realmente vale muito apena ler.ESTOU COMPLETAMENTE APAIXONADA PELO LIVRO e ainda mais pela autora!
- CHRISTINE? - A VOZ  SEM IMAGEM A ALCANÇOU (..) SABE COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO SE SEPARA DO MAR? SABE A DOR QUE SENTE NO CORPO? -SIM. EU CONHEÇO A SENSAÇÃO- ELA DISSE PARA A NÉVOA- É ASSIM QUE ME SINTO QUANDO VOCÊ NÃO ESTA COMIGO. SE VOCÊ UM DIA DUVIDAR DE QUE ESTAREI AQUI,OU DUVIDAR DE QUE EU ESPERAREI POR VOCÊ, LEMBRE-SE DESSA SENSAÇÃO E SAIBA QUE EU NÃO TENHO OUTRA OPÇÃO. PELA ETERNIDADE CHRISTINE. EU VOU ESPERAR VOCÊ PELA ETERNIDADE 

Bem é isso espero que tenham gostado, opinem, leiam, Beijinhos
Camila 

sábado, 6 de julho de 2013

DIÁRIOS DO VAMPIRO

Sinopse: Elena Gilbert, uma garota órfã que vive com sua tia, Judith, e sua irmã mais nova, Margaret, ainda está muito abalada com a perda de seus pais. Elena estava de férias na França, mas, no começo do ano letivo, volta à pequena cidade de Fell's Church, onde reencontra suas melhores amigas: a sensata Meredith e a pequena Bonnie. Um rapaz chega à escola logo em seguida. Elena descobre que seu nome é Stefan Salvatore. Entretanto, a vida de Stefan é rodeada de vários mistérios, que são intensificados com a chegada de seu irmão mais velho, Damon Salvatore. Os irmãos têm antigas desavenças, que foram geradas pelo amor a uma mesma mulher, Katherine. Numa atmosfera de mistério, suspense e amores, os segredos vampíricos e sobrenaturais da pequena cidade são intensificados com inúmeros acontecimentos extraordinários, e Elena, Stefan e Damon se veem cada vez mais ligados.
Minha Opinião: Bem primeiro resolvi falar de todos pelo fato do livro ser bem conhecido e da serie. Porem se quiserem que eu fala dos livros a parte me digam. Olha vou ser bem sincera com vocês eu SOU COMPLETAMENTE ENCANTADA COM O LIVRO, totalmente diferente da serie, sempre falo para as minhas colegas que os atores devem ficar porem a historia deveria mudar (porem adoro a serie também). Mas vou dizer a vocês porque eu amo tanto os livros, a historia se desenrola com uma total diferença de personalidades, físico, tudo, para você terem uma noção Elena no livro é loira k. Outro ponto que amo nos livros é os locais onde ocorrem as aventuras, quem leu sabe das dimensões e sinceramente eu amei, os momentos de Elena com Damon e depois a busca por Stefan, o buquê (são todas dicas sobre o livro). Nos primeiros livros, sinceramente eu amei porem achei um pouco opaco sem muita coisa, porem nos outros eu quase me matei kk quase engoli o livro serio kkkk, era uma aventura misturada com drama, misturado com a ironia de todos, misturada com alegria, era uma coisa de louco sinceramente, e é por isso que sempre quis que a serie se volta-se mais ao livro. No ultimo capitulo da serie, como todos sabem havia a cura onde Katherina a tomou correto? no livro é o contrario era para Stefan tomar porem Damon a toma kkk (não aguentei e contei), enfim acho que em alguns pontos eles focaram no livro porem mudaram o destino.
Mas de uma forma geral vale muito apena ler o livro, ver a serie ambos são bons, porem leia sim o livro compensa demais. E novamente se vocês quiserem que eu faça a parte cada livro deixem um comentário, mande no nosso e-mail, e qualquer duvida a mesma coisa. Então é isso.
Bem espero que vocês tenham gostado, desculpe a ausência , comente,curtam,compartilhem,vem comigo 
Um enorme beijão, Camila



OS 5 FILMES QUE MAIS GOSTO

PEARL HARBOR
Sinopse: A trama é baseada na vida de dois ousados pilotos do Tennessee que se conheciam desde a infância, Rafe McCawley e Danny Walker.
Ambos se alistam no exército e treinam como pilotos de caça, e conhecem a bonita e dedicada enfermeira Evelyn (Kate Beckinsale). Rafe e Evelyn iniciam um romance. Com a guerra na Europa, Rafe se voluntaria para lutar juntamente com a Royal Air Force na Batalha da Inglaterra para defender o Reino Unido da Luftwaffe, insistindo para que seu amigo Danny ficasse nos Estados Unidos, cuidando de sua amada Evelyn. Tanto Evelyn como Danny são transferidos para o Havaí, um lugar distante da guerra, com aparência paradisíaca. Evelyn recebe a notícia de que o avião de Rafe fora abatido, e por não haver mais notícias, ele fora considerado morto em combate. Após algum tempo, Evelyn e Danny inciam um romance, e surpreendentemente Rafe reaparece. Ele sobrevivera à queda, sendo resgatado por um barco francês e não pode enviar notícias estar na França ocupada. Rafe e Danny brigam em um bar, e acordam no dia seguinte com o início do ataque a Pearl Harbor. Com muita dificuldade, conseguem subir em seus aviões, e abatem sete aviões japoneses.
Os três voltam para os Estados Unidos, e tanto Rafe como Danny são convocados para um treino secreto, no que seria o Ataque Doolittle.
Antes de partirem para o ataque secreto, Evelyn confidencia à Rafe que está grávida de Danny. Com dificuldades, a incursão completa seus objetivos, e os aviões têm um pouso forçado na China ocupada, com falta de combustível e sem pista de aterrisagem. Danny é preso e morto pelas tropas japonesas, e apenas Rafe volta com vida. Evelyn e Rafe casam, e dão o nome de Danny para o filho que ela estava esperando.
Minha Opinião: Sabe aquele filme que você sabe que precisa de um lenço porque sabe que vai chorar? Então esse é um deles. Ele se tornou meu preferido pelo modo como foi montado esse filme e o significado dele.Mostrar como uma guerra mode modificar a vida das pessoas, e como o amor pode ser ao mesmo tempo instrumento de alegria e de dor. Apesar de ser um filme antigo (lançado em 2001) eu não me canso de ver ele, simplesmente ele nos mostra muitos pontos. E o romance envolvido nele é simplesmente emocionante me deixa sem folego ver um trio amoroso construído através da dor. Realmente se alguém não viu vale apena ver e quem viu, vale apena rever.
        
SHERLOCK HOLMES
Sinopse:Final do século XIX. Sherlock Holmes (Robert Downey Jr.) é um detetive conhecido por usar a lógica dedutiva e o método científico para decifrar os casos nos quais trabalha. O dr. John Watson (Jude Law) é seu fiel parceiro, que sempre o acompanhou em suas aventuras. Porém esta situação está prestes a mudar, já que Watson pretende se casar com Mary Morstan (Kelly Reilly). Isto não agrada Holmes, que não deseja o afastamento do colega. O último caso da dupla envolve Lorde Blackwood (Mark Strong), por eles presos ao realizar um ritual macabro que previa o assassinato de uma jovem. Blackwood já havia matado quatro mulheres e tem fama junto a população de ser um poderoso feiticeiro. Ele é preso e depois condenado à forca, mas misteriosamente é visto deixando o túmulo onde seu caixão foi deixado. Holmes e Watson são chamados para solucionar o caso e logo ele se torna um grande desafio para o detetive, que não acredita em qualquer tipo de magia. Em meio às investigações há o retorno de Irene Adler (Rachel McAdams), uma ladra experiente por quem Holmes tem uma queda.
Minha Opinião: Vou falar de uma forma geral sobre todos os filmes. EU AMO!. Acho envolvente, intrigante, emocionante, entre outros adjetivos. O legal de House é que ele faz você pensar como ele consegue pensar daquele modo, criar métodos que não são nada convencionais e muito menos certo. Sinceramente acho perfeito o filme, Robert Downey Jr soube muito bem interpretar o papel e se colocar nele e na minha opinião ele deve ter colocado um pouco de si mesmo no papel para sair com tamanha perfeição. Jude Law fez com perfeição o amigo de House, serio eu ja havia lidos livros, visto coisas parecidas e ele com toda certeza  superou todas as expectativas de uma fã. Enfim resumindo, filme é perfeito e ponto final kk
O SENHOR DOS ANÉIS 
Sinopse: Numa terra fantástica e única, chamada Terra-Média, um hobbit (seres de estatura entre 80 cm e 1,20 m, com pés peludos e bochechas um pouco avermelhadas) recebe de presente de seu tio o Um Anel, um anel mágico e maligno que precisa ser destruído antes que caia nas mãos do mal. Para isso o hobbit Frodo (Elijah Woods) terá um caminho árduo pela frente, onde encontrará perigo, medo e personagens bizarros. Ao seu lado para o cumprimento desta jornada aos poucos ele poderá contar com outros hobbits, um elfo, um anão, dois humanos e um mago, totalizando 9 pessoas que formarão a Sociedade do Anel.
Minha Opinião: Apesar de eu amar a trilogia, vou me focar em A Sociedade do Anel, pois acho que entre os três esse foi o que mais gostei. Porque? Simples pelo fato de ser o começo de tudo, mostrar sobre uma possível historia antiga. Me encanto quando vejo a trilogia principalmente este pelo senário, personagens, história, tudo. É uma combinação perfeita de encanto e te faz querer estar la e viver as história de Frodo, lutar, rir, festejar, e descobrir seu verdadeiro destino. Acho que é por isso que me encanta tanto. 
BURLESQUE
Sinopse: Ali (Christina Aguilera) é uma jovem de uma cidade do interior, com uma bela voz, que escapa da vida dura e de um futuro incerto e vai a Los Angeles, para concretizar os seus sonhos. Por acaso, ela chega a um teatro majestoso, porém em péssimo estado de conservação, The Burlesque Lounge, onde está sendo exibido um fantástico musical. Ali é contratada como garçonete por Tess (Cher), dona e administradora do teatro.
Minha Opinião: EU AMO ESSE FILME! e minha priminha adora, fica pulando e dançando kk. E o que faz eu amar ainda mais esse filme é esses duas perfeitas, adoro Aguilera e Cher(acho ela incrível por sinal). O legal desse filme é ver a determinação de uma pessoa. Ali correu atras do seu sonho, sofreu muito com as pessoas, porem conseguir e Cher se mostrava madura e insegura ao mesmo tempo, pois quando se trata daquilo que se mais ama nós sempre ficamos inseguro, certo? Acho um filme divertido que te faz dançar, cantar, e acima de tudo de da uma lição por traz de todo brilho e som. Quem nunca assistiu vale muito apena 

HARRY POTTER E O CÁLICE DE FOGO
Sinopse: Quando o nome de Harry Potter emerge do Cálice de Fogo, ele se transforma em um competidor em uma extenuante batalha de magia entre três escolas de feiticeiros - o Torneio Tribruxo. Mas se Harry não se inscreveu para o tal torneio, quem o fez? Agora, Harry precisa confrontar um mortal dragão, ferozes demônios da água e um labirinto encantado onde se deparará com Aquele Que Não Deve Ser Nomeado. Nesta quarta adaptação da série Harry Potter, criada por J.K. Rowling, tudo está modificado, a começar pelo próprio Harry e seus inseparáveis amigos, Ron e Hermione, que deixam a infância para sempre e partem para desafios maiores do que tudo aquilo que um dia eles já imaginaram
Minha Opinião: Tenho paixão por todos os filmes de Harry Potter porem sou viciada em O Cálice de Fogo, pelo simples fato de mostrar um encanto que sinceramente? eu amaria. Sempre que assisto me imaginando fazendo as provas, indo ao baile, vendo aquelas cores vibrantes, conhecendo coisas que jamais vi. E infelizmente isso eu só posso imaginar, porem acho divertido assistir esse filme pois você ri, voce fica com raiva, vocÊ chora, você faz tudo, menos para de assistir. Enfim recomendo a fazerem que nem eu fiz, sentar com oos irmãos menores, os priminhos e colocar para eles assistirem afinal Harry Potter faz parte de nossa infncia e mocidade, e não a nada melhor não é mesmo?

Bem meus anjos, espero que tenham gostado. Infelizmente não conseguir deixar menor, porem foi feito com carinho. Se assistiu comenta diz o que achou. De sua Opinião. 
Um grande beijo Camila



terça-feira, 2 de julho de 2013

OS ÚLTIMOS 5 FILMES QUE VI


As Virgens Suicidas

Sinopse: Durante a década de 70, o filme enfoca os Lisbon, uma família saudável e próspera que vive num bairro de classe média de Michigan. O Sr. Lisbon (James Woods) é um professor de matemática e sua esposa é uma rigorosa religiosa, mãe de cinco atraentes adolescentes, que atraem a atenção dos rapazes da região. Porém, quando Cecília (Hanna Hall), de apenas 13 anos, comete suicídio, as relações familiares se decompõem rumo a um crescente isolamento e superproteção das demais filhas, que não podem mais ter qualquer tipo de interação social com rapazes. Mas a proibição apenas atiça ainda mais as garotas a arranjarem meios de burlar as rígidas regras de sua mãe.

Minha Opinião: Acho que a curiosidade me fez ver esse filme até o final, porque é incrivelmente chato. Quando a primeira irmã morreu, fiquei esperando cada uma ir morrendo, mas não foi bem isso que aconteceu. A fotografia é linda, e as músicas também. Achei o filme bem parado, mas tem algumas partes legais. Já ouvi tanta gente falar tão bem desse filme, mas não me agradou, talvez eu não tenha pequena a "essência" do filme ou coisa assim, achei chato. Nota 2 de 5. 


Se Beber, Não Case! - Parte III

Sinopse: Alan está deprimido devido à morte de seu pai. Preocupado com o cunhado, Doug sugere que ele vá até um lugar chamado New Horizons, que pode torná-lo um novo homem. Alan apenas aceita a sugestão após Phil e Stu concordarem em levá-lo. É o início de uma nova viagem do trio, que acaba sendo interrompida bruscamente pelos capangas de um traficante que está atrás de Chow e acredita que os três amigos ainda possuam contato com ele. Precisando encontrá-lo a todo custo, eles acabam indo parar no México e, mais uma vez, em Las Vegas.

Minha Opinião: O primeiro filme é genial! O segundo é uma cópia do primeiro, com piadas mais pesadas. Já o terceiro... É completamente diferente do que eu esperava. Toda hora eu ficava me perguntando 'que horas que eles vão se drogar?'. Me surpreendeu, positivamente. Não foi uma cópia dos dois anteriores, juntou a história, trouxe personagens antigos. Não ri tanto, apesar de ser engraçado, o filme é o mais fraco da franquia. Os efeitos especiais estão ótimos! Não economizaram nisso. E uma dica: Esperem um pouquinho, há uma parte depois dos créditos. E nessa parte, eu me acabei de rir. É mais engraçada que o filme inteiro! (O Stu só se fode né?)
Gostei demais do filme. Fiquei triste de ser o final, apesar de abrir um caminho pra continuação (que acho que vai ser foda demais). Estou torcendo pra ter um quarto. Sempre adorei a saga Se beber, Não Case! É um ótimo filme de comédia. Dou nota 4,5 de 5. 

Dezesseis Luas

Sinopse: Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece... Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona. 

Minha Opinião: Eu amo filmes assim! Que misturam o sobrenatural, com romance, envolvendo adolescentes que não podem ficar juntos e essas coisas. Já virou clichê, mas eu amo. Ouvi muita gente comparando esse filme com Crepúsculo, acho que não tem nada a ver, apesar da base ser parecida, a história é diferente. A escolha dos atores principais eu achei... Interessante. Não são famosos e nem são ícones da beleza (não estou dizendo que são feios). Os atores desconhecidos faz que você veja o filme sem ser porque seu ator preferido que atuou, eu gostei disso. Eu achava que o final seria o óbvio, mas não foi, o que me surpreendeu. Já tava até ficando brava com isso, quando veio a última cena. O filme passa a mensagem que você tem que aceitar o que é, foi o que eu achei.
 Várias cenas do filme poderiam ser reduzidas ou cortados, achei o filme grande de mais (2 horas, mais ou menos) e em certas partes até parado. Haverá uma continuação, Dezessete Luas, que será lançada ano que vem. Tomara que seja melhor que esse! Só após ver o filme descobri que há um livro, e que como sempre, é melhor. Vou procurar o livro para ler, acho que vale a pena. Minha nota é 3,5 de 5.


O Lado Bom da Vida

Sinopse: Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) perdeu absolutamente tudo na vida: sua casa, o emprego e a esposa. Deprimido, ele vai parar em um sanatório, onde fica internado por oito meses. Ao sair, Pat passa a morar com os pais e está decidido a reconstruir sua vida, o que inclui retomar o casamento, passando por cima de todos os problemas que teve. Entretanto, seu novo plano começa a mudar quando ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma garota misteriosa que também tem seus problemas.

Resenha do livro, clique aqui.

Minha Opinião: O filme me deixou com muita raiva, de verdade mesmo. A história é muito diferente da do livro. Você passa o livro inteiro tentando saber o que acontece com o Pat, e isso é contado com 15 minutos de filme. Além de fazer o Pat como um louco totalmente diferente do livro e a Nikki bem pertinho dele, amiga do amigo dele. A visão dos personagens, foi transmitidas de um jeito diferente. Pra mim, o filme é bom, mas é uma história diferente da do livro. É como se fossem duas histórias com o mesmo nome, e as duas valem a pena. Esquecendo um pouco o livro, e avaliando apenas o filme: É incrível. A Jennifer Lawrence está maravilhosa e realmente mereceu o Oscar pelo filme. Bradley Cooper está lindo e atuando muito bem, deu um show de atuação. O final ficou lindo, e eles dançando então? Hilário e Emocionante até. Apesar de ser totalmente diferente  do livro, o que desapontou muito, eu amei o filme! Nota 5 de 5.


Spring Breakers

Sinopse: Brit, Candy, Cotty, e Faith são amigos do ensino Fundamental. Eles vivem juntos na faculdade e no tedioso dormitório e estão sedentos por aventura. Tudo o que eles tem que fazer é conseguir dinheiro o suficiente para o feriado da primavera (spring break) e tentarem se divertir. O encontro com o rapper “Alien” promete oferecer às meninas toda a emoção da qual elas poderiam imaginar. Com o incentivo de seu novo amigo, torna-se incerto o quão longe as garotas querem ir para experimentar as férias de primavera da qual nunca irão esquecer.

Minha Opinião: Esperei tanto pra ver esse filme que quando achei o download dele, larguei tudo pra vê-lo. E foi uma das maiores decepções da minha vida! O filme é totalmente sem noção. Muitas cenas e falam ficam repetindo diversas vezes. E as vezes parecia que eu tava vendo um filme pornô. A Faith (Selena Gomez) é extremamente chata, nem sei porque ela aceitou ir viajar com as meninas e foi embora logo para casa (o que melhorou o filme).  A Cotty (Rachel Korine) é uma "putinha", desde cedo ela vai dando pros meninos. Mas a Brit (Ashley Benson) e a Candy (Vanessa Hudgens) não estão muito atrás não, fiquei surpresa demais com aquela cena delas na piscina com o Alien (James Franco). Nunca esperei que nenhum dos 3 atores pudessem fazer uma cena como essa. Me irritou a fotografia do filme, aquele mundo de cor. A trilha sonora é incrível, e me surpreende quando o Alien começa a tocar Britney Spears no piano! As meninas tem munição infinita né? E nunca morrem! Já o Alien... Não vou nem comentar. As atuações foram ótimas, isso ninguém pode reclamar. James Franco está irreconhecível. Há muitas coisas vagas e que poderiam ser melhoradas. No todo, não é um filme ruim e nem bom. O roteiro não tem fundamento nenhum, se melhorassem isso eu iria amar o filme. Nota 3 de 5.  E o que foi o Alien chupando o cano da arma? Jesus me salva! hahahaha



Já assistiu algum desses filmes?  Ou tem vontade de ver?
Fale nos comentários!
Beijos, Rafa Bruzadelli

quarta-feira, 26 de junho de 2013

O LADO BOM DA VIDA


Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança.

''Se as nuvens estão bloqueando o sol, sempre tento ver aquela luz por trás delas, o lado bom das coisas, e lembro de continuar tentando.''
  
Minha Opinião: Desde que a linda, diva e maravilhosa da Jennifer Lawrence ganhou o Oscar pela sua atuação no filme, eu estava louca pra ler o livro! E não me decepcionei, li o livro em apenas dois dias e me encantei por Pat e Tiffany. O livro tem 254 páginas, e muitos capítulos curtinhos (ás vezes de uma pagina só). Foi escrito por Matthew Quick e lançado pela editora Intrínseca (que ultimamente só está lançando livro bom, meus parabéns). 
Pat acaba de sair de um "lugar ruim", um manicômio, e acha que só passou alguns meses lá. E só foi parar lá porque sua mulher, Nikki, desejou passar um "tempo separados". Ele não pode ouvir falar do Kenny G e muito menos suas músicas (Songbird é a que ele mais menciona, e deve confessar que é chata mesmo, concordo com você Pat! Ouça aqui.) No final do livro descobrimos o porque. Ele perdeu sua memória enquanto estava lá e ao voltar pra casa vai descobrindo que tudo mudou, e que na verdade ficou 4 anos lá!
Ele mudou todo o seu jeito por causa da filha da puta da Nikki, começou a ler os livros que ela mais gosta, a malhar muito só porque ela falava que ele tava gordo e até no modo de agir com as pessoas ele mudou. Ele pratica o "ser gentil invés de ter razão" e toda hora repete isso. Conhece Tiffany através de seu melhor amigo, Ronnie. Tiffany é "louca" como ele, é uma personagem intrigante porque só vamos saber de sua história melhor no final do livro.
Vemos a história através de Pat, tem uma visão extremamente otimista e sonhadora. Apesar do livro abordar temas como depressão, recuperação psicológica, surto e outras coisas, tudo fica mais leve na visão dele. Pat tem uma obsessão assustadora por Nikki e não se lembra do porque de estarem separados. Tiffany tem seus problemas também, mas ao contrário de Pat, ela está consciente deles. 
O livro inteirinho é narrado por Pat, é como se fosse o diário dele. Eu, particularmente, não gostei muito assim. Várias partes ficam meio sem muito nexo, não sabemos por exemplo o que acontece no seu dia a dia. Só as partes mais importante são passadas. Parece que fica faltando algo. Não é ruim, no entanto. 
O Pat só pode ter uma obsessão por contar finais de livros (há muito spoiler!), fiquei sabendo o final de O Grande Gatsby, o que me deixou irritada. Achei na internet uma listinha de livros que ele menciona e são esses:
1. A Letra Escarlate - Nathaniel Hawthorne
2. O Grande Gatsby - F. Scott Fitzgerald
3. A Redoma de Vidro - Sylvia Plath
4. As Aventuras de Huckleberry Finn - Mark Twain
 5. O Apanhador no Campo de Centeio - J.D. Salinger
6. O Adeus às Armas -  Ernest Hemingway
Então se você quer ler algum desses livros, leia-o antes de ler O Lado Bom da Vida. 
A mensagem que o livro deixa é que o final ás vezes não é como a gente queria, mas é perfeito para nós. A capacidade do Pat de perdoar é linda, eu nunca iria conseguir. Depois da tempestade vem sempre o sol, não é mesmo? 
O livro possui um filme (que ganhou um Oscar como eu mencionei no inicio), estou louca para ver. Terá minha opinião sobre ele no próximo "Os Últimos 5 Filmes que Vi" pode ter certeza. 

Nota (de 0 a 5): 4.5

"Olhar nos olhos de outra pessoa por um longo tempo revelou-se uma coisa poderosa. E se você não acredita em mim, tente fazer isso você mesmo."




Acabei de ler esse livro e ainda estou super empolgada com ele!
Você já leu? O que achou? Ou ainda quer ler? Me conte nos comentários.
Beijos, Rafa Bruzadelli.

domingo, 23 de junho de 2013

ANJO MECÂNICO (AS PEÇAS INFERNAIS)

Sinopse:Anjo mecânico apresenta o mundo que deu origem à série Os Instrumentos Mortais, sucesso de Cassandra Claire. Nesse primeiro volume, que se passa na Londres vitoriana, a protagonista Tessa Gray conhece o mundo dos Caçadores de Sombras quando precisa se mudar de Nova York para a Inglaterra depois da morte da tia. Quando chega para encontrar o irmão Nathaniel, seu único parente vivo, ela descobrirá que é dona de um poder que capaz de despertar uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das forças do submundo. 

Minha Opinião: Bem acreditem li esse livro praticamente em 1 dia kk. Enfim realmente me encantei por esse primeiro livro e não vejo a hora de ter o segundo em mãos. Anjo Mecânico nos mostra coisas que Os instrumentos Mortais não mostraram assim tão explicado. A vida antiga daqueles que cercam ainda Os instrumentos Mortais, conhecimentos. A autora Cassandra Clare soube fazer ambas series com perfeição. No começo do livro você realmente fica um pouco sem interesse não vou negar mas quando começa acontecer coisas com Tessa e ela a desvendar sobre o que realmente é e sobre seus sentimentos, isso sim fica interessante kk. Outra coisa que acho super legal mesmo no livro é que Tessa ama ler, e no começo de cada capitulo, Cassandra colocou fragmentos dos possíveis livros que Tessa leu, e isso da mais vida ao livro e me fez pelo menos pesquisar sobre as obras citadas. Outra coisa também que acho interessante no livro é como a forma que ele se desenvolve trazendo uma Londres vitoriana (onde digamos ainda era na época em que mulher servia somente para cuidar da casa kk) com a modernidade dos Caçadoras de Sombras, e seus conhecimentos. 
"Apagado seu nome,então,registro mais uma alma perdida, mais uma tarefa recusada,mais uma trilha não percorrida,mais um triunfo do diabo e uma tristeza para os anjos, mais um erro para o homem,mais um insulto a Deus" - Robert Browning "The Lost Leader" (trecho de um dos prováveis livros que Tessa tenha lido)

Realmente é um livro que emociona muito, ao mesmo tempo que chorei (em caso quase no final do livro ~~dica~~) kkk quis tapar os olhos, me esconder com alguns momentos pra la de sedutores. Vale muito apena ler, e não somente le-lo mas também admira-lo não somente pelas fantasias, mas também pelo conhecimento.


"Olhou para ele.Os olhos eram da mesma cor que o céu manchado de fumaça; mesmo ferido,o rosto era lindo.Queria toca-lo, de um jeito instintivo que não conseguir explicar ou controlar. Quando ele se inclinou para beijá-la,ela se esforçou ao máximo para se segurar até que os lábios deles encontrassem os dela(..)" (Trecho do Livro)

Bem caso alguém tenha lido comenta embaixo, quem não leu também comenta, vem.
Beijos enormes, Camila 

CROSSFIRE - PARA SEMPRE SUA (3° livro)

Desde já aviso que este post conterá spoilers sobre o livro, porque esse livro é tão bom e tão frustante ao mesmo tempo que eu não conseguiria escrever a resenha neutra. 
Se quiser ver a resenha dos outros livros, clique aqui e aqui.



Sinopse: A partir do momento que conheci Gideon Cross, vi nele algo que precisava. Algo que não podia resistir. Eu vi a alma perigosa e danificada — muito parecida com a minha. Eu estava atraída por isso. Eu precisava dele, tanto quanto precisava que meu coração batesse. Ninguém sabe o quanto ele arriscou por mim. O quanto fui ameaçada, ou quão sombria e desesperada a sombra de nosso passado se tornaria. Entrelaçados por nossos segredos, nós tentamos desafiar as probabilidades. Nós fizemos nossas próprias regras e nos rendemos completamente ao poder requintado da posse…


“Eu olho pra você, meu anjo, e não consigo pensar em mais nada. Quero estar com você, ouvir você, conversar com você. Quero ouvir a sua risada e oferecer o meu ombro quando você chorar. Quero sentar ao seu lado, respirar o mesmo ar compartilhando a mesma vida. Quero acordar todos os dias ao seu lado. Eu quero você!” 
Minha Opinião: O livro começa logo onde terminou o segundo, o que eu acho ótimo! Agora que Gideon matou Nathan, eles tem que resolver esse problema, não podem ficar juntos já que isso tornaria o álibi deles meio duvidoso. Corinne está revoltadíssima que não consegue ficar com Gideon, e no final do livro conhecemos o (patético) marido dela - até eu não aguentaria ele. Depois de muita enrolação (metade do livro é encheção de linguiça) se descobri um habeas corpus permanente pra Gideon, a polícia consegue achar indícios que um mafioso russo que matou Nathan (sente a loucura) e que esse cara foi morto por um companheiro dele. Surpreendendo né não? Então, o pior é que a autora não explica essa loucura.
Tem várias histórias acontecendo nesse livro, a casa hora que se resolvesse um problema, se aparece mais dois. O casal tem que fingir a reaproximação deles, e assim acontece no lançamento do clipe Golden (música feita pelo seu ex), no final de semana seguinte, eles vão para um ilha e se casam lá (escondidos, todos pensam que estão noivos) - confesso que meu olho se encheu de lágrimas. Cary descobre que Tatiana vai ser mãe e que o filho pode ser dele, mas ainda tem o Trey nessa confusão toda. Corinne tem um surto e tenta se matar, no hospital descobre que acaba de ter um aborto (chuta quem é o pai!). Acontece mais um probleminhas, como o do vídeo de Eva, e o livro termina. Assim mesmo, do nada. E depois vem um nota da autora falando que o livro vai ter uma continuação. 
Ai você se pergunta 'mas não era um trilogia?'. Então, era. Agora a trilogia, vai ter mais dois livros. E sabe quando vai ser lançado o próximo? Só ano que vem! Pensa na minha frustração diante disso. 
O livro não é ruim. Ao longo da leitura eu não conseguia deixar de ler. Já vi gente falando que não gostou, mas eu amei o livro (apesar da minha resenha um tanto frustada). Acho que foi o melhor dos três, deu espaço para muitos personagens e para várias situações. O problema foi que não resolveu nem metade das situações criadas. Espero ano que vem ler o livro, pois estou louca de curiosidade. Mas é muito tempo. Até parei de gostar tando da história por isso, a Sylvia Day me decepcionou. O livro merecia nota 5, mas dou nota 4 por causa do final (o que é uma boa nota apesar de tudo). Estou torcendo para o próximo livro da série (que nem o nome foi divulgado ainda) me faça esquecer as decepções que tive com esse. 

"O que diabos eu deveria fazer, Eva? Eu não sabia que você estava lá fora.” A voz de Gideon se aprofundou, áspera.” Se eu soubesse, eu teria te caçado. Eu não teria esperado um segundo para encontrá-la. Mas eu não sabia, e me acomodei por menos. E você também. Nós dois nos desperdiçamos nas pessoas erradas."
Me desculpem  pela resenha com tantos spoilers, tentei me segurar, mas não consegui.
Você leu o livro? Gostou ou odiou? Me conte nos comentários!
(Confesso que to louca pra comentar esse livro com alguém hahaha)
Até a próxima, beijos, Rafa Bruzadelli.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

CROSSFIRE - PROFUNDAMENTE SUA (2° livro)

Se você ainda não leu a resenha do primeiro livro, clique aqui

Sinopse: Gideon Cross. Ele é tão bonito e perfeito do lado de fora quanto é danificado e atormentado no interior. Ele era uma chama brilhante e ardente que me chamuscou com o mais escuro dos prazeres. Eu não poderia ficar longe. Eu não queria. Ele era o meu vício... meu desejo... todo meu. Meu passado foi tão violento quanto o dele, e eu estava tão machucada. Nós nunca iríamos ser normais. Era muito difícil, muito doloroso... exceto quando era perfeito. Aqueles momentos em que a voragem do amor desesperado eram a loucura mais requintada. Fomos completamente subjugados pela nossa necessidade. E a nossa paixão nos levaria além dos nossos limites para a mais doce borda da mais nítida obsessão.


"'Você está machucado em mais algum lugar?”, perguntei, ainda me sentindo emocionalmente frágil depois da longa noite anterior. Ele agarrou meu pulso e levou minha mão até seu coração. 'Aqui'."

Minha Opinião: O livro, apesar de ser menor que o primeiro, é muito melhor. O passado de Eva volta e faz a maior reviravolta no namoro (já conturbado) dela com Gideon. Conhecemos também o passado de Gideon e até onde ele pode ir por amor. Se eu tivesse um moreno gostosão como esse, tava feita! Acho que foi uma bela continuação para Toda Sua, a história é melhor e não tem tantos momentos "íntimos" dos dois (o que eu acho bom, cansa ler sobre isso toda hora). Deu mais espaço sobre a montanha russa que é o relacionamento deles, sobre o passado, a relação dele com a sua irmã e a relação dela com seu pai. O Cary, como sempre, tá fazendo merda e sofrendo, mas nunca perde seu estilo único.
Não entendo como a Eva pode estar só cercada de pessoas lindas, sua mãe, seu namorado, seu padrasto, seus amigos, seu ex-namorado e até seu pai. Acho que o único feio dali é o Nathan!
Um ponto ruim é que no começo fica meio que recontando a história do outro livro. Como se a autora quisesse lembrar pros leitores o que aconteceu. É chato, pois são coisas que já sabemos de cor. Outra coisa é passar a história rápida demais (apesar de acontecer em pouco tempo). Um coisa boa é que o livro começa momentos depois de acabar o outro.
Resumindo, o livro em várias aspectos é melhor que o primeiro, faz você querer ler rápido pra saber o final. Acho que nunca vou entender as atitudes de Gideon logo de primeira, mas se você pensar, tudo tem uma lógica. O final é uma surpresa pra mim (afinal ele é o mocinho!) mas ao mesmo tempo eu torcia para que isso acontecesse. Achei excelente e recomendo muito pra quem já leu o primeiro. Dou nota 4 de 5.

"Seu olhar se encheu de ternura e me provocou um nó na garganta. 'Você é o maior risco que já assumi.' Ele me beijou de leve na boca. 'E o maior prêmio que já ganhei.'"

Já leram o livro ou querem ler? Comente abaixo!
Espero que tenham gostado,
Beijos - Rafa Bruzadelli 

terça-feira, 18 de junho de 2013

ESPECIAL: UM POUCO SOBRE MINHA AUTORA PREFERIDA

 Sobre a Autora: Phyllis Cast (Watseka, Illinois, abril de 1960) conhecida pelo pseudônimo P.C. Cast,1 é uma escritora Americana de romance de cavalaria/Fantasia, conhecida pela série de livros House of Night que ela escreve com sua filha Kristin Cast, assim como suas obras próprias, as séries de livros Goddess Summoning e Partholon.2

Bem existem alem de dela outras autoras que amo de paixão, mas ela foi que me tocou. A conheci e seus livros, através de uma professora minha cujo por sinal teve a bondade de me empresta-los. P.C Cast escreveu junto com sua filha a serie House Of Night, porém vou falar especialmente dela pelo fato que me encantei. Ele sobre colocar perfeitamente o mundo de fantasias, e alem disso trouxe conhecimentos mitológicos para os livros. Não somente em House of Night mas também em suas outras series(que por sinal vou começar a ler em breve) ela traz sempre um significado diferente. Por exemplo em HON, ela trouxe contextos diferentes sobre os vampiros, um simbolo diferente de Deusa (que até então Nyx nunca fora conhecido por mim, apenas depois de seus livros a pesquisei e vi tanto conteúdo sobre ela) Alem de mostrar a amizade, o amor, como uma das fontes principais de fortaleza de fraqueza de uma pessoa. Muitos as vezes falam que pela idade(porque claro ela não é mais uma menininha) acham que os livros devem ser mais serio( não sito somente a P.C Cast mas de outras também) porém digo eu que acho que não existem pessoas como ela para escrever tais livros, porque não é somente o livro, mas sim toda uma trajetória de conhecimento, aprendizados que não ficam somente para ela e para os que a ajudou, mas também passam para nós que é o mais importante. Porque não importa se o livro é de conto de fadas, ou revolucionário ou qualquer coisa do tipo, o que importa alem disso é o conteúdo e o valor que ele nos passa. Como HON me passou - O valor de uma amizade, de amar intensamente quem ama pois não sabe quando poderá não dizer mais um te amo, a amadurecer e principalmente mesmo insegura não desistir daquilo que temos medo- Por isso acho que ela se tornou a autora que mais admiro e amo! E se você também admira essa linda mulher, vem e comenta aqui!
ESTE LIVRO É PARA AQUELES QUE JÁ COMETERAM ERROS E QUE FORAM CORAJOSOS O BASTANTE PARA CORRIGI-LOS E SÁBIOS O SUFICIENTE PARA APRENDER COM ELES (FRASE DO COMEÇO DO LIVRO DE ESCOLHIDA- HOUSE OF NIGHT)

foto de P.C CAST e Kristin Cast (mãe e filha)

CROSSFIRE - TODA SUA

Sinopse: Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela — e provavelmente qualquer outra pessoa — já viu.Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer — e é claro que Eva acaba se entregando. Uma relação intensa começa. O sexo é incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam — o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.

"Já fui amado antes - por Corinne, por outras mulheres, mais o que elas sabem sobre mim? Como é que elas podem estar apaixonadas por mim se nem sabem quem é eu sou? Se o amor é isso não é nada em comparação ao o que eu sinto por você."
Minha Opinião: Pra quem já leu 50 Tons vai achar que esse livro é um cópia dele, mas apenas o começo "parece", a história é melhor construída. No final do livro, nos agradecimento, a Sylvia Day faz um agradecimento a E.L. James (autora de 50 tons) e fala que o livro foi inspirado nos livros dela. 
Os personagens não são tão supérfluos, Gideon e Eva tem um passado horrível, de estupros e violência. E é isso que impede os dois de ficarem juntos. Eva não é aquela menina virgem e santinha. E Gideon não é aquele homem que adora seus brinquedos sexuais e tem regras e regras. Pra mim, é melhor que 50 tons, e ainda em menos paginas. Mas a resenha de hoje não é sobre quem é melhor! Então vamos a ela:
Eva se muda para um apartamento que divide com o seu amigo Cary Taylor (um gato, bissexual e que "ama" estragar suas próprias relações). Ela, apesar de tudo, é guerreira, corajosa e independente. Sua família é rica, mas nem por isso ela deixa se levar pelo dinheiro, decide arrumar um emprego e se virar sozinha.
Gioden Cross é um magnata, que possui várias empresas, e uma delas é a que Eva vai trabalhar, o prédio Crossfire é também a sede de seu escritório e é la que dois se conhecem lá, e de primeira já sentem aquela atração, aquela vontade de ficarem juntos e aquele desejo de transarem toda hora.
O relacionamento dos dois é uma montanha russa. De manha estão bem, mas a noite estão brigados, mas sempre voltam um para o outro. É complicado pois Eva tem um passado horrível, que traz muita dor a ela, apesar de já ter "superado". Gioden também tem um passado complicado, não o descobrimos no primeiro livro, mas ficamos vimos o seu desespero, seu pesadelos e como ele perde a cabeça.
O livro não é longo, 280 páginas, a editora é a Paralela e a autora, Sylvia Day. Além de Toda Sua, a Trilogia Crossfire ainda traz os livros: Profundamento Sua e Pra Sempre Sua (as minhas próximas resenhas serão deles!). Recomendo o livro para todos os que gostam de leitura adulta, para os que gostaram de 50 tons e também para os que não o conseguiram ler.
A Trilogia Crossfire é ótima e recomendo os três livros. De 5, dou nota máxima, é claro.


Peço desculpas, em primeiro lugar, a demora que eu estou pra postar. 
Meu dia está muito corrido e to sem tempo mesmo :(
Mas enfim, já leram o livro? Ou querem ler? Comente abaixo!
A minha próxima resenha será sobre o livro Profundamente Sua, a sequência desse. 
Beijos, Rafa Bruzadelli.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

HOUSE OF NIGHT - TRAÍDA (2° livro)

Sinopse: Zoey se estabelece na Morada da Noite. Finalmente sente-se incluída e aprende a controlar os seus poderes. Agora ela supera novos desafios, luta contra a morte que se abate sobre adolescentes humanos e sobre a própria Morada da Noite e, de repente, percebe que seu coração e sua alma acabam de ser partidos por uma grande traição. Nesse segundo livro da série House of Night depare-se com novos mistérios, surpreendentes emoções e muita sensualidade.


Minha opinião: Bem apesar de eu amar todos os livros, esse e os dois últimos da serie foram o que mais amei. Vou explicar o segundo livro da serie House of Night, mostra um Zoey totalmente diferente do primeiro livro, mais confiante de si e muito mais sedutora. Mas vou te contar essa mocinha tem namorado caindo do céu viu? KKKK,. Quem leu sabe o que vou dizer, quem não leu la vai algumas fofocas do livro. Zoey antes de ser marcada tinha um "rolinho" com Heart onde agora foi "carimbada" com ela, porem ela possui um relacionamento com o gatinho do Erick Night kk, é uma confusão já com esses dois né? porém aparece um terceiro em sua vida que é de tirar um folego que se chama Loren Blake, mas o que ela não esperava é que o olhar sedutor, o corpo quente dele fosse uma simples enganação ( mas não vamos falar mais pois se não perde a graça kk) 
Sinceramente esse livro mexe comigo, pois ele envolve pontos inseguros de Zoey com o que ela mais tem de sedutora, não é um livro cheio de "nhenhenhe" kk mas é um livro que você gruda o olho e até da vontade de chora quando é obrigado a parar de lê-lo. A serie House of Night no decorrer dos livros mostra a evolução de Zoye no aspecto dos poderes que ela vai conhecendo e no aspecto feminino dela, e acho isso um máximo pois mostra detalhadamente os seus desejos mais íntimos como suas inseguranças mais profundas. Quem ainda não leu o primeiro livro corre comprar e ler porque vale muito a pena continuar lendo essa serie. 

"Então, senti que seu corpo pesou sem vida em meus braços, e ela não respirou mais. Seus lábios se abriram só um pouquinho, como se estivesse sorrindo. Saiu sangue da sua boca, de seus olhos, de seu nariz e de suas orelhas, mas não senti o cheiro do sangue, só os aromas da terra. Depois, veio um vento forte com cheiro de prado, a vela ver se apagou, e minha melhor amiga morreu.” (trecho do livro)

Merry Meet, Merry Part, Merry Meet Again

Gostaria de pedir desculpas pela resenha mal feita, vou viajar hoje e não gostaria de ir sem postar algo. Mas espero que tenham gostado, se ja leu ou pretende ler comenta ai embaixo. Mil beijos com carinho. Camila